Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

DOURADOS

Mulher acusa professor de filmar alunas em vestiário feminino

13 MAR 2011Por vivianne nunes08h:33

Casada há mais de dez anos com o acusado, uma mulher de 27 anos registrou, nesta madrugada em Dourados, um boletim de ocorrência em que acusa o marido de pedofilia. Segundo relato da vítima à Polícia ela começou a suspeitar do marido, um professor de 36 anos, quando encontrou um vídeo produzido por ele mesmo contendo cenas de nudez de uma prima. Na ocasião, foi ele próprio quem mostrou o conteúdo à esposa. Na ocasião houve desentendimento e a promessa do autor de que não iria se repetir. A mulher então resolveu, por conta própria, monitorar o comportamento do suspeito e acabou encontrando, em sua casa, uma mala com roupas íntimas femininas e vídeos de nudez de menores, algumas alunas do acusado, filmadas no vestiário feminino de uma das escolas em que ele lecionava.

 

Na noite de ontem a mulher observou a chegada do marido e fingiu estar dormindo mas observou o momento em que ele escondia um pen drive em cima do guarda-roupas. Ela então esperou que ele dormisse e pôde notar que o dispositivo continha várias fotos e vídeos de nudez, entre eles, imagens da filha de apenas doze anos. Ela conta que apesar de ter sido registrada como filha do acusado, ele não é pai biológico da criança. Diante dos fatos que envolveram a menor, ela resolveu procurar a autoridade policial para registrar ocorrência.

 

A vítima lembra ainda que o acusado é professor da rede estadual e particular de ensino. Ela o descreve como sendo um homem violento e diz temer por sua vida e da filha após a denúncia.

Leia Também