Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Mudanças em projeto para reduzir perdas dos municípios com ICMS

24 MAR 08 - 21h:53
     

LIDIANE KOBER

 

Para acabar com a resistência dos municípios que perderiam recursos por conta de projeto que altera as regras do rateio do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), a Assembléia Legislativa deve apresentar nesta semana emenda substitutiva à matéria inicial, que chegou à Casa no ano passado e gerou muita polêmica entre os parlamentares e prefeitos. A proposta amplia de 52 para 61 o número de municípios que ganham com as novas regras.

O projeto inicial, apresentado pelo deputado estadual Júnior Mochi (PMDB), tirava de forma igualitária percentuais dos cinco critérios de divisão do ICMS (número de eleitores, extensão territorial, índice ecológico, receita própria e divisão igualitária) para formar o Fator de Reequilíbrio Social (Fres). O fundo era composto de 3% do montante do imposto, que sairiam dos cofres dos municípios mais ricos para ajudar os menos aquinhoados.

A emenda substitutiva acaba com o Fres e tira 1% dos repasses que levam em conta a área territorial, o ICMS ecológico e a receita própria para aumentar de 7% para 10% o montante destinado ao rateio igualitário. "Simplifiquei a proposta, aumentando a cota igualitária. Isso permitiu uma participação maior no bolo aos municípios menos favorecidos e assegurou justiça na distribuição", comentou Júnior Mochi.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Três pessoas morrem em queda de avião em Belo Horizonte
ACIDENTE AÉREO

Três pessoas morrem em queda de avião em Belo Horizonte

EM RAZÃO DOS PROTESTOS

Voos que sairiam do Brasil para Santiago estão sendo cancelados

Consumidor pode cancelar pacotes sem ônus ou multas
DEMITIDO DO GOVERNO

Marcos Cintra é chamado para reestruturar o PSL

Cintra foi demitido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes
Chuva não dá trégua e cerca de parque não foi reparada; animais já andam pela via
TEMPORAL

Chuva não dá trégua e cerca de parque não foi reparada; animais já andam pela via

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião