Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

Movimento

Mudança de estilo de vida pode diminuir taxa de gordura no sangue

21 ABR 2011Por New York Times06h:00

Mudanças saudáveis no estilo de vida podem baixar significantemente a taxa de triglicerídeos, tipo de gordura presente no sangue associada às doenças cardíacas e a outros problemas de saúde, informou a Associação Americana do Coração em um artigo científico publicado esta semana.

Em torno de um terço (31%) dos adultos americanos apresentam taxas elevadas de triglicerídeos, acima de 150 miligramas por decilitro (mg/dL). Tais níveis podem sofrem uma redução de 20% a 50% por meio da substituição de gorduras saturadas por não-saturadas saudáveis, prática de atividades físicas e perda de peso, é o que mostra o artigo dos pesquisadores que analisaram mais de 500 estudos internacionais realizados nos últimos 30 anos.

“A boa nova é que a taxa alta de triglicerídeos pode, em grande parte, ser reduzida por importantes mudanças de estilo de vida”, declarou Michael Miller, diretor do Centro de Cardiologia Preventiva da Escola de Medicina da Universidade de Maryland e diretor do comitê de estudo.

Clinicamente, as novas diretrizes recomendam a redução da taxa de triglicerídeos para menos de 100 mg/dL, além da realização do teste de triglicerídeos sem jejum como exame inicial.

“Ao contrário do colesterol, que mesmo sendo afetado por mudanças de estilo de vida não pode ser solucionado com as mesmas, a alta taxa de triglicerídeos geralmente é bem responsiva a tais mudanças – como perda de peso, alterações na alimentação e prática regular de atividades físicas”, disse Miller, que também é professor de epidemiologia e saúde pública da universidade.

O artigo destaca algumas mudanças na alimentação recomendadas para pessoas com taxa alta de triglicerídeos, limitando o consumo de: açúcar adicionado a alimentos a menos de 5% a 10% das calorias consumidas, ou em torno de 100 calorias diárias para as mulheres e 150 para os homens. Gorduras trans abaixo de 1% do total calórico. Álcool e frutose de alimentos naturais e processados para menos de 50 a 100 gramas diárias.

Calcular a quantidade de açúcar adicionado aos alimentos é complicado, pois estes dados não são listados na Tabela de Valores Nutricionais na embalagem nos alimentos. Ao observar que a ingestão de açúcares adicionados de grande parte dos americanos é proveniente de refrigerantes, a Associação Americana do Coração recomenda que o consumo de bebidas adoçadas com açúcar se limite a um litro por semana.

Para quem tem taxa alta de triglicerídeos, uma alimentação saudável deve incluir mais verduras, frutas com baixo teor de frutose – como melão cantaloupe, grapefruit, morangos, pêssegos e bananas – grãos integrais e gorduras não-saturadas saudáveis, como os ácidos graxos Ômega-3, encontrados em peixes gordurosos.

Aos adultos com taxa alta de triglicerídeos, recomenda-se pelo menos 150 minutos semanais de atividades físicas de nível moderado, como uma caminhada de ritmo rápido.

Leia Também