Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sexta, 22 de fevereiro de 2019 - 17h31min

Mudança da tarifa de Itaipu seria repassada ao consumidor

23 ABR 08 - 15h:04
     

         

         

        O presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim, defende a manutenção das condições atuais do Tratado de Itaipu, que está sendo questionado pelo presidente eleito do Paraguai, Fernando Lugo.

        Tolmasquim disse que é preciso respeitar os contratos e os acordos entre os dois países, que foi aprovado pelos Congressos do Brasil e do Paraguai. As tarifas atuais também devem ser mantidas, pois um aumento do preço da energia seria repassado ao consumidor "e isso não seria justo", diz.

        Outro argumento citado por Tolmasquim para não modificar as tarifas atuais é que o Brasil precisa pagar a dívida que contraiu para construir a hidrelétrica. O presidente da EPE disse que a usina foi construída apenas com recursos do Tesouro brasileiro. "O projeto custou US$ 12 bilhões e o Paraguai entrou com US$ 50 milhões, financiados pelo Banco do Brasil. "Houve endividamento do Tesouro Nacional e da Eletrobrás". Com informações do  site G1.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

OAB critica
INTERNAÇÃO COMPULSÓRIA

OAB critica "higienização social" proposta por lojistas

Sobrecarga e falta de insumos obrigam transferência de pacientes de HR e HU
URGÊNCIA E EMERGÊNCIA

Sobrecarga e falta de insumos obrigam transferência de pacientes de HR e HU

Fogo em circo pode ter começado  por problemas na fiação elétrica
JARDIM LOS ANGELES

Fogo em circo pode ter começado por problemas na fiação elétrica

Bandeira tarifária da conta de luz continua verde em março
ENERGIA

Bandeira tarifária da conta de luz continua verde em março

Mais Lidas