Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MST ocupa ferrovia, usina e pedágios em pontos diversos do País

17 ABR 08 - 10h:03
     

Cerca de 800 pessoas ligadas ao Movimento dos Trabalhadores na Mineração (MTM) e ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocuparam, nesta manhã, a Ferrovia de Carajás, em Parauapebas (PA), uma usina na região de Canindé de São Francisco, em Sergipe e pelo menos quatro praças de pedágio no Paraná.

A ocupação na Ferrovia, segundo o grupo, é para marcar os 12 anos do massacre de Eldorado dos Carajás, quando 19 trabalhadores rurais morreram em um confronto com a polícia. Os manifestantes também pedem agilidade na reforma agrária e melhores condições para os garimpeiros, entre outros itens.

No movimento na usina eles cobram do governo a agilidade das obras em um assentamento e também rapidez na reforma agrária. No Paraná, os organizados do protesto dizem que estão reclamando dos latifúndios e da violência no campo.

 

Com informações do site G1

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Para enfraquecer Bolsonaro, PSL suspende cinco deputados
CRISE INTERNA

Para enfraquecer Bolsonaro, PSL suspende cinco deputados

Estado avança e chega ao 5º lugar <br>no ranking de competitividade
NACIONAL

MS avança e chega ao 5º lugar no ranking de competitividade

Confira ruas que serão interditadas no fim de semana
CAMPO GRANDE

Confira ruas que serão interditadas no fim de semana

IMPOSTOS DE RENDA

Receita Federal envia cartas a cerca de 330 mil contribuintes

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião