Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MS vai perder R$ 15,3 milhões com retirada do anexo do Orçamento

MS vai perder R$ 15,3 milhões com retirada do anexo do Orçamento
11/03/2008 23:32 -


     

A retirada do anexo de metas do Orçamento da União de 2008 vai reduzir em R$ 15,3 milhões os investimentos federais em Mato Grosso do Sul no próximo ano. O anexo, que travava a votação do Orçamento, deverá ser retirado para ser votado. Com o adendo, o Estado garantiria mais R$ 27,5 milhões nos R$ 203 milhões previstos nas emendas de bancada.

        O coordenador da bancada, deputado federal Geraldo Resende (PMDB), acreditava até o final da tarde de hoje que o anexo seria mantido na votação do Orçamento agendada para a tarde de hoje. Por isso, o parlamentar mobilizou os oito deputados federais e três senadores para que atuassem para garantir a manutenção do recurso destinado ao Estado. "A retirada vai comprometer obras importantes, obras estruturantes que asseguram o desenvolvimento sustentável do Estado", afirmou Resende. E completou: "Vai ser jogado no lixo um trabalho exaustivo das últimas semanas".

Felpuda


O sumiço de algumas figurinhas carimbadas da política não acontece em virtude da necessidade de isolamento como uma das formas de prevenção à pandemia. Em verdade, seria porque não têm mesmo o que e a quem falar. Com o advento das redes sociais, quem acha que fazer campanha eleitoral continua como na época do “eu prometo” está a um passo de ver o sonho de conquistar mandato se transformar em pesadelo. Pelo jeito, não estão nem conseguindo dormir.