MS terá quase 3 mil promotores da polícia comunitária

MS terá quase 3 mil promotores da polícia comunitária
19/06/2010 10:30 -


     

Partindo da filosofia de segurança pública como dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, Mato Grosso do Sul finaliza o primeiro semestre deste ano com aproximadamente três mil promotores de Polícia Comunitária formados desde 2007. As duas próximas turmas participam da formação, entre 21 e 25 de junho, quando acontece a capacitação da nona turma em Novo Horizonte do Sul e a décima em Campo Grande. Na Capital o curso será no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cefap).

        Segundo o coordenador Estadual de Polícia Comunitária, tenente-coronel Carlos Santana Carneiro, somente em 2010 serão 500 novos profissionais formados no Curso Nacional de Promotores de Polícia Comunitária em Mato Grosso do Sul. "Sem dúvida é um dos maiores projetos de capacitação que a segurança pública já desenvolveu neste Estado", comenta o coordenador. O curso é voltado para profissionais da segurança pública e integra o cronograma de atividades da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). Em Mato Grosso do Sul conta com a parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".