Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 18 de novembro de 2018

Em tempo de dança de rua

MS Street Dance Festival começa hoje e destaca grupos locais

7 SET 2012Por OSCAR ROCHA08h:30

Década de 1980. Foi nesse período, por meio de clipes de artista da black music,  que o Brasil conheceu  os primeiros sinais de um tipo de dança que ganhava às ruas dos Estados Unidos.

Os passos eram imediatamente ligados à musica que também tomava corpo nessa fase: o funk e o hip hop. Em terras norte-americanas, a agitação do novo estilo foi anunciada na década anterior, mas no Brasil a atenção  realmente foi despertada quando filmes como “Break dance” chegaram às telas do País  e hits como “I feel for you”, de Chaka Khah, e “Mas que lindas estás”, dos brasileiros do Black Júniors invadiram as rádios e às televisões.

No começo, esse tipo de dança  foi tratado como mero modismo. Atualmente,  por causa de eventos como o MS Street Dance Fest 2012, que começa hoje, às 20h, na Praça  do Rádio Clube, quem apostou que o estilo fosse uma mera moda de estação, errou redondamente.
Com passar dos anos, as coreografias feitas em estilos livres, impulsionadas pela sonoridade da música pop e de outros ritmos  ganharam praticantes pelo mundo.

Em Mato Grosso do Sul, os adeptos se espalham por várias cidades. “Não somente em Campo Grande podem ser encontrados dançarinos de street dance. No interior, vários locais também apresentam seus grupos”, aponta o coordenador do festival, Edson Clair.

SONORA
Dois deles, Movimento Dance, de Sonora, e Street  Dance Life, de Bataiporã, participam do festival desde das primeiras edições. No caso da formação de Sonora, segundo Edson, atualmente conta com cerca de 70 integrantes de várias faixas etárias.

Além das participações dos bailarinos locais, o evento ainda destacará os trabalhos originários de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Mato Grosso, Goiás, entre outros. Uma novidade desta edição será o local principal das atividades. Até o ano passado,  o Teatro de Arena do Horto Florestal centralizava as apresentações, agora será a Praça do Rádio Clube.

Programação

Hoje
Abertura, às 20h

Mostra de Dança  de vários estilos. Participações dos grupos Fúrias das Ruas (Paraná) e Companhia Verbo (Mato Grosso do Sul.   Além do street dance, também serão destacados outros estilos de dança.  Na sequência,  competição de Dança Júnior, com competidores até 12 anos. O melhor dançarino será conhecido após apresentações.

Amanhã
Às 9h, na Escola Estadual  Joaquim Murtinho, na Avenida Afonso Pena, 2.445, acontecem workshops com Thiago “Negraxa” - do grupo The Face, Ivo Alcântra “Left Bass ” - idealizador do Identidade Hip Hop, e Karla Mendes - formada pelo Ragga Jam bailarina, professora e coreógrafa do Studio Dançarte. As inscrições estão abertas e podem ser realizadas pelo blog: http://msstreet12.blogspot.com.br/. O valor é de R$ 80, para aqueles que não fazem parte de nenhum grupo da competição, e as vagas são limitadas.

Às 20h
Apresentações de solos, duos e grupos locais e de outros estados. Competição na categoria Adulto, com competidores de 12 a 18 anos. Na sequência, estarão em destaque os bailarinos da categoria Avançados, acima de 18 anos. Também haverá a disputa na categoria Breaking, destacando aspectos como coreografia, musicalidade, figurinos, entre outros.

Domingo
Às 17h, batalhas de vários estilos de dança. Na sequência, a final da competição de Breaking.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também