Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MS sediará primeira edição do Projeto Cidadania, Direito de Todos

15 AGO 10 - 18h:45
     

                Roberto Costa

                 

O Estado de Mato Grosso do Sul foi escolhido para sediar a primeira edição do projeto Cidadania, Direito de Todos, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).  O novo programa do Conselho busca garantir a cidadania aos povos indígenas que vivem em regiões metropolitanas.

Segundo o juiz auxiliar da presidência do CNJ Daniel Issler, a intenção é fornecer documentos básicos, como registro de nascimento, carteira de identidade e carteira de trabalho aos índios que vivem em regiões urbanas. ?Dessa forma, eles podem ter total acesso aos seus direitos civis?, explica.

A reunião em Campo Grande também contou com a presença do juiz auxiliar do CNJ Sidmar Martins, do Corregedor-Geral de Justiça do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS), desembargador Josué de Oliveira, e de juízes auxiliares da presidência do TJMS.

Com informações da Agência CNJ de Notícias

                 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Red Bull Brasil investe R$ 45 milhões e assume o comando do Bragantino
FUTEBOL 2019

Red Bull Brasil investe R$ 45 milhões e assume o comando do Bragantino

Professora impede que adolescentes coloquem fogo em escola com crianças
SIDROLÂNDIA

Professora impede que
jovens incendeiem escola

Por nota, presidente do TJ-MS também repudia pedido de Dodge
JUSTIÇA

Por nota, presidente do TJ-MS também repudia pedido de Dodge

Equipamento pega fogo perto de avião na pista de aeroporto
SUSTO

Equipamento pega fogo perto de avião na pista de aeroporto

Mais Lidas