Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MS registrou mais de 5 mil casos de hepatite nos últimos anos

21 JUL 10 - 14h:30
     

Segundo dados do Sistema de Informação de Agravos (Sinan) do Ministério da Saúde, Mato Grosso do Sul registrou mais de 5,4 mil casos confirmados de hepatites virais entre os anos de 2005 e 2009. De acordo com o Relatório de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado de Saúde de MS, de janeiro a novembro de 2009, foram registrados 432 casos de hepatite B em MS, superando o número de casos de AIDS, no mesmo período que foi de 287. Apenas em Campo Grande, foram 133 ocorrências de hepatites notificadas.

Para falar sobre a "Hepatite Viral como problema de Saúde Pública no Brasil", estará em Campo Grande, nesta quinta-feira (22), o presidente da Sociedade Brasileira de Hepatologia (SBH), Dr. Raymundo Paraná. A palestra é direcionada a autoridades públicas e profissionais da área de Saúde do Estado e acontece às 19h30, no auditório do Centro de Especialidades Médicas (CEMED), da Universidade Anhanguera-Uniderp, que promove o evento em parceria com a SBH.

        As hepatites virais são doenças provocadas por diferentes vírus hepatotrópicos (utilizam o fígado como sítio primário de replicação). As mais comuns são A, B, C, D e E. Conforme informações do Ministério da Saúde, as hepatites virais A e E são transmitidas pela via fecal-oral e estão relacionadas às condições de saneamento básico, higiene pessoal, qualidade da água e dos alimentos.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CORREIO DO ESTADO

Confira o editorial desta quarta-feira: "Educação, o melhor caminho"

ARTIGO

Rodrigo Capella: "Quais as reais prioridades do Ministério da Agricultura?"

Consultor
OPINIÃO

Carlos Roberto Merlin Júnior: "Cola, ética e escola"

Graduado em Filosofia, Sociologia, História e especialista em Ética.
1° TABELIONATO DE PROTESTO

Edital de Intimação do município de Campo Grande 24/07/2019

Mais Lidas