Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

EM DEFINITIVO

MS recebe Batalhão de Aviação do Exército

8 JAN 2011Por DANIELLA ARRUDA00h:02

Após dois anos de instalação, estrutura do 3º Batalhão de Aviação do Exército (Bavex) começa neste ano a ser transferida definitivamente de São Paulo para Mato Grosso do Sul, onde já está em operação uma das quatro esquadrilhas componentes da unidade, com efetivo de 80 militares e cinco aeronaves. A previsão é que até 2014, o novo batalhão esteja com toda parte física e operacional já concluída em Campo Grande, passando a contar com efetivo de 350 homens e 16 aeronaves.

Ontem, ocorreu a solenidade de passagem de comando do 3º Bavex, assumindo o posto o tenente-coronel de artilharia Evandro Luís Lopes Ferreira, que veio de Taubaté (SP), sede original da unidade, em substituição ao tenente-coronel de cavalaria Lourenço Willian da Silva Ribeiro Pinho. Em seu discurso, o antecessor destacou que esta mudança "marca a reunificação do comando e dos meios da unidade que, por mais de dois anos, ficou dividida entre Taubaté e Campo Grande".

Conforme informações do oficial de comunicação social do 3º Bavex, capitão Brasil, a unidade dispõe de esquadrilhas de reconhecimento a ataque (esta já instalada na capital sul-mato-grossense), emprego geral, comando e apoio e manutenção e suprimento. A previsão é que o efetivo aumente gradativamente, até chegar ao seu total de 450 militares. Somente para fevereiro, deverão ser incorporados ao batalhão em Campo Grande mais 20 homens. O mesmo deve ocorrer em relação às aeronaves — todas helicópteros, nos modelos HA1 Fennec, HM1 Pantera e HM3 Cougar —, conforme as instalações militares forem concluídas. "Atualmente há um hangar (para manutenção) em construção e ele deve ficar pronto em junho deste ano", informou. Enquanto as estruturas não ficam prontas, o 3º Bavex utiliza de forma temporária um hangar portátil, para abrigar as aeronaves que já estão em Campo Grande.

Transferência

Criado em 17 de agosto de 1993, o 3º Batalhão de Aviação do Exército, também conhecido como Batalhão Pantera, é uma das organizações militares mais operacionais do Exército brasileiro, tendo cumprido inúmeras missões aéreas. Merece destaque a missão realizada em 11 de março de 1994 na ilha de Superagui, no Paraná, quando a unidade auxiliou a Companhia de Saneamento do Paraná, içando e posicionamento, no alto de um morro, um reservatório de água de 25 mil litros, possibilitando o fornecimento de água tratada para 2.300 moradores do local na época.

Portaria publicada em 25 de abril pelo Comandante do Exército modificou a sede do 3º Bavex de Taubaté para Campo Grande, onde passa a atuar junto ao Comando Militar do Oeste. A transferência começou em fevereiro de 2009, com a ativação de um destacamento na Vila Cerradinho, nas proximidades do Aeroporto Internacional de Campo Grande. A unidade tem agora como principais missões a manutenção da segurança da faixa de fronteira, além de prestar apoio às tropas do CMO.

Leia Também