Sexta, 15 de Dezembro de 2017

MS quer status de área livre de febre aftosa sem vacinação

6 NOV 2008Por 16h:30
     
        
        

O Mato Grosso do Sul quer se tornar área livre de febre aftosa sem vacinação. Para isso, segundo a secretária de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur), Tereza Cristina Correa da Costa Dias, é preciso manter todas as ações desenvolvidas como a criação da Zona de Alta Vigilância (ZAV) na região de fronteira entre o Estado e o Paraguai.

        

De acordo com a secretária, de 2006 até o final este ano, serão utilizados recursos que totalizam R$ 45 milhões para ações que garantam a sanidade animal em Mato Grosso do Sul.

Leia Também