domingo, 22 de julho de 2018

SEM RISCO

MS não deve sofrer com contenção de gastos

26 DEZ 2010Por Adilson Trindade e Lidiane Kober00h:02

Mato Grosso do Sul não deve sofrer corte de investimentos com recursos próprios. O governador André Puccinelli (PMDB) assegurou dinheiro para as obras em execução e início de outras no segundo mandato. Mas o Estado pode ficar com menos recursos federais para os investimentos com o contingenciamento do Orçamento da União. A futura presidente Dilma Rousseff sinalizou com a hipótese de até desacelerar os gastos com as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Ao falar sobre o assunto, André manifestou a sua determinação de não paralisar as obras. Ele não estava mais esperando pela liberação de muitos recursos da União justamente pela pressão para o Congresso Nacional reduzir o índice de verbas para obras.

Leia mais no jornal Correio do Estado

Leia Também