sábado, 21 de julho de 2018

Disque 100

MS já registrou 115 denúncias contra abuso sexual de crianças e adolescentes

14 OUT 2010Por EVELYN SOUZA18h:00

Levantamento divulgado pela Organização das Nações Unidas (ONU), revela que cerca de 2 milhões de crianças e adolescentes com menos de 15 anos viram alvos de exploração sexual todos os anos.

Em Mato Grosso do Sul, o Disque 100, que é um canal de denúncias sobre crianças e adolescentes, recebeu 366 registros entre os meses de janeiro e  agosto de 2010. Entre as denúncias, 115 foram de abuso sexual, 133 de violência física e psicológica e 66 por abuso sexual.

De acordo com o Coordenador adjunto do Comitê Estadual de Enfrentamento da violência e de defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes (CONSEX), Oswaldo dos Passos Pereira Junior, o número de denúncias ainda é muito baixo. ” Entre os mesmos meses Campo Grande registrou 203 denúncias de abuso sexual contra crianças e adolescentes, número pequeno se comparado a quantidade de casos”.

No ranking de denúncias para cada 100 mil habitantes dos estados, MS aparece em 5º lugar com 16,16%. Em primeiro lugar está o Rio Grande do Norte (25,09%), seguido do Distrito Federal (20,03%), Amazônia (16,48%) e Rondônia (16,37%).

Relatório divulgado pelo Consex mostra que de janeiro a agosto deste ano o canal de atendimento recebeu em todo o País 19.453 registros.

A central do Disque 100 fica em Brasília-DF e as denúncias podem ser feitas de maneira anônima, “Após a ligação, o caso é encaminhado para o Conselho Tutelar, começa o processo jurídico, o acompanhamento psicossocial e o acompanhamento da vítima, em último caso o menor é encaminhado para um abrigo”, diz o coordenador do Consex.

Denúncias à exploração de crianças e adolescentes podem ser feitas pelo Disque 100, pela central de MS, através do 0800 647 13 23, pelo Conselho Tutelar, na Delegacia de Proteção a Criança e adolescente (DEPAC) ou pelo próprio Consex , pelo 3384-5923.
 

Leia Também