Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

RANKING

MS gera menos emprego, mas é 4º melhor

MS gera menos emprego, mas é 4º melhor
22/06/2012 00:00 - VINÍCIUS SQUINELO


Mato Grosso do Sul, como todo o País, sentiu os efeitos da crise internacional e reduziu a geração de empregos em maio. Mesmo com um quadro econômico ruim, o Estado conseguiu ter um saldo positivo de 3,2 mil vagas, e encerrar maio como 4º Estado brasileiro na criação de postos de trabalho.

Em maio, MS admitiu 23.943 pessoas, e demitiu 20.721 trabalhadores, resultando em um saldo de exatos 3.222 empregos. O índice é considerado bom, porém ficou 45% inferior ao do mesmo período de 2011.

“Mas o resultado foi bom. Ano passado também foi um ano atípico, quando a geração de empregos foi, no geral, muito alta”, explicou o economista Áureo Torres.

No acumulado do ano, entre janeiro e maio, o Estado contratou 133.894 trabalhadores, enquanto demitiu outros 113.516, finalizando o período com um saldo de 20.378 empregos, avanço de 4,49%. O percentual é referente ao período anterior, no caso o mês de dezembro de 2011.

Leia mais no jornal Correio do Estado.
 

Felpuda


Nos bastidores poderosos, comentários são de que dois pretensos pré-candidatos estão deixando em polvorosa quem tinha quase certeza de que tudo estava em total “céu de brigadeiro”. Assim, enquanto ambos se movimentam aqui e acolá, o lado de lá está pensando no que fazer para evitar futuro confronto. Vale ressaltar que a dupla tem experiência que só no campo de guerra das eleições – e o desempenho não ficou a desejar.