Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ranking

MS gera menos emprego, mas é 4º melhor

22 JUN 12 - 00h:00VINÍCIUS SQUINELO

Mato Grosso do Sul, como todo o País, sentiu os efeitos da crise internacional e reduziu a geração de empregos em maio. Mesmo com um quadro econômico ruim, o Estado conseguiu ter um saldo positivo de 3,2 mil vagas, e encerrar maio como 4º Estado brasileiro na criação de postos de trabalho.

Em maio, MS admitiu 23.943 pessoas, e demitiu 20.721 trabalhadores, resultando em um saldo de exatos 3.222 empregos. O índice é considerado bom, porém ficou 45% inferior ao do mesmo período de 2011.

“Mas o resultado foi bom. Ano passado também foi um ano atípico, quando a geração de empregos foi, no geral, muito alta”, explicou o economista Áureo Torres.

No acumulado do ano, entre janeiro e maio, o Estado contratou 133.894 trabalhadores, enquanto demitiu outros 113.516, finalizando o período com um saldo de 20.378 empregos, avanço de 4,49%. O percentual é referente ao período anterior, no caso o mês de dezembro de 2011.

Leia mais no jornal Correio do Estado.
 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Novo Mercedes-Benz CLA 250
CORREIO VEÍCULOS

Novo Mercedes-Benz CLA 250

Sem restrição de área, Uber adota PIN em bairros com grande número de crimes
CAMPO GRANDE

Sem restrição de área, Uber adota PIN em bairros com grande número de crimes

Chuva tem vento forte e granizo em Campo Grande
TEMPORAL

Chuva tem vento forte e granizo em Campo Grande

BRASIL

Brasil tem 10,7 milhões de pessoas com deficiência auditiva, diz estudo

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião