Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MS ganha até 30 de novembro mais sete escolas indígenas

MS ganha até 30 de novembro mais sete escolas indígenas
23/07/2009 15:12 -


     

De acordo com o MEC (Ministério da Educação) o Mato Grosso do Sul ganha até 30 de novembro deste ano, mais sete escolas indígenas. Três escolas devem ficar prontas até 31 de agosto nas aldeias: Limão Verde em Aquidauana, Brejão em Nioaque e Amambaí. A previsão para que a primeira escola na Aldeia Cachoeirinha no município de Miranda seja inaugurada é até o próximo dia 30.  

No mês de setembro está prevista a conclusão da escola da Aldeia Jaguapirú em Dourados e em novembro, as escolas das aldeias Lagoinha e Bananal, as duas, no município de Aquidauana.

Para a realização dessas obras, o governo federal transferiu para a secretaria estadual de educação R$ 5,2 milhões, recursos solicitados no PAR (Plano de Ações Articuladas) do estado, em 2007.

Segundo a Funasa (Fundação Nacional de Saúde), Mato Grosso do Sul, é o segundo estado do País com a maior população indígena, ficando atrás do Amazonas. São 68.554 habitantes de oito povos distribuídos em 27 municípios em 73 aldeias. Em Campo Grande residem mais de 3 mil indígenas.

Felpuda


Dez vereadores da Capital mudaram de partido na tentativa de encarar a reeleição ou, dependendo do caso, disputar a vaga de vice-prefeito. Legendas foram “engordadas”, outras entraram em estado de inanição e outras ainda simplesmente sumiram do mapa. Que ninguém ouse perguntar a quem “trocou de camisa” qual a linha programática dos partidos em que agora estão filiados. Seria para eles, digamos, questão de pouca importância. Política tem dessas coisas...