Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

VOLEIBOL

MS bate MT na abertura do Meeting Gay

MS bate MT na abertura do Meeting Gay
09/04/2011 00:00 - DA REDAÇÃO


Mato Grosso do Sul deu o primeiro passo na luta contra a homofobia. Com a realização do 1º Meeting MS de Voleibol LGBT o Estado mostra que no esporte não há espaço para preconceitos.

A população da Capital lotou o ginásio do Moreninho no campus da Universidade Federal na quinta-feira à noite para prestigiar a cerimônia de abertura e o primeiro jogo da competição, que ficou entre as equipes do AVQ de Campo Grande contra a equipe do PEC/Estrelas de Primavera do Leste (MT).

Durante a cerimônia de abertura houve apresentação cultural com o grupo de Drag Queen interpretando a música "I Will Survive", apresentação do grupo Dançurbana e apresentação do grupo de Gogo Boys, que levou o público ao delírio.

O presidente do Comitê Desportivo GLS Brasileiro (CDG), Érico Santos, lembrou o primeiro campeonato, realizado em São Paulo, que reuniu quatro equipes. “Mato Grosso do Sul está de parabéns em seu primeiro evento por ter tantas equipes, um público lotando as arquibancadas. Isso mostra que Campo Grande não tem a barreira do preconceito, é bom ver heteros e gays juntos prestigiando um evento”.

Logo após a abertura houve o primeiro jogo da competição e a equipe que representa Campo grande saiu na frente. AVQ bateu a equipe do PEC/Estrelas do MT por 2 sets a 0, parciais de 25/20 e 25/18.

Felpuda


Tudo indica que o MDB não conseguiu convencer o PSDB de iniciar namoro com vistas a casamento nas eleições, e a ideia teria sido descartada. Os tucanos demonstraram que o problema deles não é o cargo: os emedebistas ofereceram a vaga de vice na disputa à Prefeitura de Campo Grande, a mesma cobiçada pelos tucanos, mas na chapa do PSD do atual prefeito. A questão, politicamente falando, seria, digamos, o oferecido “noivo”. Afe!