Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MPF recomenda anulação de mais um concurso da UFGD

MPF recomenda anulação de mais um concurso da UFGD
10/03/2009 12:30 -


     

        

 

O MPF (Ministério Público Federal), por meio da procuradora da República Joana Barreiro, recomendou a anulação do concurso público para o cargo de professor adjunto e professor assistente, para a área de farmacologia, realizado pela UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) nos dias 17 e 18 de fevereiro.

Para o MPF, ?o sorteio dos temas que seriam abordados nas provas escritas e práticas não foi realizado em conformidade com as normas previstas no edital, assim como violou os princípios da impessoalidade, moralidade e publicidade, previstos na Constituição Federal de 1988?.

 

Além da anulação do concurso, o Ministério Público Federal recomendou que a divulgação do local de realização da sessão pública de sorteio de temas seja feita em meio informativo de amplo e irrestrito acesso, e não apenas no mural da Universidade, com a indicação inclusive da sala aonde o sorteio irá se realizar. As provas escrita e prática, para a área de farmacologia, deverão ser aplicadas nas 24 horas seguintes à data determinada para a sessão pública de sorteio dos pontos.

 

A UFGD tem cinco dias úteis, a partir do recebimento da recomendação, para se pronunciar quanto ao acatamento da recomendação, comunicando a Procuradoria da República no Município de Dourados sobre as providências adotadas. A ausência de manifestação ou a recusa ao seu cumprimento poderá ensejar a adoção das medidas judiciais cabíveis.

Felpuda


A continuar disparando tantas críticas ácidas contradizendo o seu partido, que em nível nacional ganhou até um ministério, político cá dessas bandas poderá ser colocado de escanteio e, se continuar nessa cruzada nada palatável para as lideranças, ser convidado gentilmente a “procurar o caminhão do qual caiu”, como se diz no popular. Os comentários são de que o dito-cujo age assim mais para ganhar holofotes. Esqueceu-se, pelo que se vê, que poderá ocorrer curto-circuito. Ui!