Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MPF quer suspensão da venda de brinquedos em redes de fast food

MPF quer suspensão da venda de brinquedos em redes de fast food
03/03/2009 23:40 -


     

        O procurador da República Marcio Schusterschitz da Silva Araújo, do Ministério Público Federal em São Paulo, enviou recomendação às algumas redes de fast food para que suspendam a venda promocional de brinquedos nas lanchonetes, alegando que os brinquedos são usados para alavancar a venda de alimentos de baixo valor nutritivo. Segundo as assessorias de imprensa, as redes ainda não receberam a notificação.

Com informações do G1

Felpuda


As pré-candidaturas bizarras estão se espalhando nas redes sociais, nos perfis de quem acredita que esse tipo de “campanha eleitoral” poderá resultar em votos e até levar à conquista de uma vaga na Câmara Municipal de Campo Grande. Se antes isso era visto apenas no horário eleitoral na TV, agora está se espalhado como erva daninha nas redes. Como diria vovó: “Esse povo ainda se acha!” Afe!