quinta, 19 de julho de 2018

OPERAÇÃO CONJUNTA

MPF denuncia oito por tráfico internacional de drogas

4 FEV 2011Por ESTADÃO22h:30

O Ministério Público Federal (MPF) ofereceu denúncia à Justiça contra oito narcotraficantes internacionais: os irmãos italianos Luigi, Claudio e Diego Ferrara, dois brasileiros e três colombianos. Eles foram presos, no último dia 20, em operação simultânea da Polícia Federal (PF) e da Polícia Nacional da França.

O grupo é acusado de, entre 2010 e 2011, tráfico de cocaína em países da América do Sul, especialmente na Colômbia, e transporte para a Europa por meio das chamadas mulas - pessoas contratadas para transportar as drogas -, pelos aeroportos internacionais do Rio de Janeiro e de São Paulo. O MPF investiga ainda o uso de documentos falsos e de possível lavagem de dinheiro pela organização criminosa.

O processo tramita na 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. Na denúncia, o procurador da República, Fábio Seghese, baseou-se em investigação da PF, iniciada a partir de alerta da policia francesa. Os irmãos Ferrara, monitorados pelos franceses, haviam se radicado no Brasil para o narcotráfico. Associados a outros comparsas em território nacional, eles passaram a atuar com o braço europeu da família.

A prisão da quadrilha no Brasil efetuou-se simultaneamente à desarticulação da célula criminosa europeia, no último dia 17, pela Polícia Nacional da França. Naquele país foram apreendidos, entre outros itens, documentos falsos, pasta de cocaína e explosivos - os Ferrara teriam familiaridade com seu uso, pois o irmão mais conhecido, Antonio, o Nino, foi condenado e cumpre pena por fuga de prisão com o uso de explosivos, no ano de 2003, em Fresnes, na França.



Leia Também