Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MPF apura mortes em hospital de Dourados

MPF apura mortes em hospital de Dourados
16/02/2009 17:42 -


      

O Ministério Público Federal (MPF), por meio do procurador da República Raphael Otavio Bueno Santos, iniciou investigação para apurar 190 mortes que teriam ocorrido, em 2008, por suposta falta de neurocirurgião e Unidade de Tratamento Intensivo no Hospital de Trauma de Dourados.

A denúncia foi publicada na imprensa local. Segundo a notícia, as mortes teriam se intensificado a partir de junho de 2008, em função do Hospital Evangélico de Dourados ter suspendido parceria com a prefeitura municipal, para o atendimento dos casos de urgência. A prefeitura estaria ainda em negociação para que o Hospital Evangélico de Dourados assuma a estrutura de dois outros hospitais municipais com o objetivo de melhorar o atendimento de saúde no município. O MPF não foi comunicado oficialmente acerca desse processo de transição e da nova estrutura hospitalar para os atendimentos de média e alta complexidade, pronto-socorro, serviços de ortopedia e traumatologia no Município.  A investigação do MPF pretende apurar as circunstâncias em que se deram as mortes.

Com informações do MPF

 

Felpuda


A continuar disparando tantas críticas ácidas contradizendo o seu partido, que em nível nacional ganhou até um ministério, político cá dessas bandas poderá ser colocado de escanteio e, se continuar nessa cruzada nada palatável para as lideranças, ser convidado gentilmente a “procurar o caminhão do qual caiu”, como se diz no popular. Os comentários são de que o dito-cujo age assim mais para ganhar holofotes. Esqueceu-se, pelo que se vê, que poderá ocorrer curto-circuito. Ui!