Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sexta, 15 de fevereiro de 2019 - 23h09min

MPE diz que servidor da Prefeitura trabalha em oficina particular

31 JAN 09 - 09h:46
     

         

O servidor público municipal de Japorã, João Batista de Souza, foi cedido para prestar serviços na empresa particular denominada Oficina Mileniun, a qual é conhecida na cidade como Oficina do Renner, onde um dos sócios é o empresário Renner dos Reis Ramos, secretário do prefeito Rubens Freire Marinho (PT).


        

O promotor de Justiça ? Eduardo De Rose ofereceu denúncia através de uma ação de improbidade administrativa, acatada pelo juiz Comarca de Mundo Novo, Alexandre Ito, que determinou ao prefeito para que afaste imediatamente o servidor da função particular com recondução a uma função pública municipal.


        

Na fase investigatória, foram realizadas diligências no local, onde foi constatado que o servidor trabalha diariamente na oficina, realizando atividades para particulares e auferindo lucro para a oficina. O servidor João Batista de Souza não cumpria expediente em prédio da Prefeitura e seu salário era pago pelos cofres do Município de Japorã.


        

Segundo o Promotor de Justiça, tal conduta dos administradores viola os princípios constitucionais da moralidade, impessoalidade, legalidade e eficiência. No pedido da ação, foi requerido o ressarcimento de R$ 15 mil pelos danos causados aos cofres públicos.


        

O juiz de direito, Alexandre Ito, ao receber a ação, deferiu a liminar requerida pelo Ministério Público Estadual, determinando a intimação dos requeridos para a imediata suspensão do trabalho do servidor João Batista de Souza na oficina Milenium. Em caso de descumprimento, o juiz fixou multa diária no valor de R$ 1 mil (para cada requerido).


        

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

TRAGÉDIA

Funcionários da Vale são presos por rompimento de barragem de Brumadinho

BRASIL

União pagou R$ 565 milhões em dívidas atrasadas de estados em janeiro

TRAGÉDIA

Procuradoria defende júri popular para acusados por tragédia em Boate Kiss

TRAGÉDIA

Justiça determina que Vale retire animais das áreas de risco em Barão de Cocais

Mais Lidas