Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MPE denuncia Artuzi e três vereadores por improbidade

MPE denuncia Artuzi e três vereadores por improbidade
13/08/2009 23:20 -


     

        Fábio Dorta, Dourados

         

O Ministério Público Estadual (MPE) denunciou por improbidade administrativa o prefeito de Dourados Ari Artuzi (DEM), o ex-secretário municipal de Saúde Edivaldo Moreira (que é vereador atualmente), o presidente da Câmara Municipal Sidlei Alves (DEM), o primeiro secretário da Mesa Diretora do Legislativo, Humberto Teixeira Júnior (PDT), e o servidor público estadual Guilhermo Garcia Filho, que é irmão adotivo de Humberto.

        A denúncia foi feita pelo MPE através do promotor de Justiça do Patrimônio Público Paulo Cesar Zeni e o processo chegou na tarde de hoje às mãos do juiz José Carlos de Souza, da 2ª Vara Cível de Dourados, que agora tem prazo de 30 dias para decidir se aceita a denúncia e instaura processo contra os acusados que, neste caso, seriam citados para apresentar defesa.

Felpuda


Político experiente tem repetido que não é o momento de falar em eleições. O momento é de tensão, de incertezas políticas e econômicas – como se o País fosse uma ilha de preocupações cercada pelo coronavírus por todos os lados. Em Mato Grosso do Sul, onde já se registrou morte pela doença e o número de casos só tende a subir, não poderia ser diferente. “É suicídio político para quem ousar falar em eleição neste momento”, conclui. Só!