Sexta, 15 de Dezembro de 2017

MPE denuncia 37 pessoas por chacina em penitenciária

2 JUL 2009Por 11h:23
     

        O Ministério Público de Rondônia denunciou 37 pessoas por envolvimento nas mortes de 12 detentos durante uma rebelião na penitenciária de segurança máxima José Mário Alves, conhecida como  Urso Branco  em Porto Velho, em 2004. A chacina, segundo a denúncia, foi praticada com "selvageria e desumanidade".

        A Polícia Militar, quando entrou no presídio após a rebelião, encontrou ao menos cinco cadáveres empilhados com as cabeças cortadas. Durante o motim, corpos de detentos mortos foram atirados do alto da caixa d'água. Os presos reivindicavam melhores condições carcerárias.

        Com informações da Folha Online

Leia Também