Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

MPE conclui inquérito sobre cobrança abusiva

7 OUT 2010Por bruno grubertt02h:18



Hoje de manhã, o prefeito Nelsinho Trad, reúne-se com representantes do Ministério Público Estadual (MPE), empresa Águas Guariroba e Agência Municipal de Serviços Públicos Delegados para conhecer os resultados de uma investigação feita nos reajustes aplicados à tarifa de água desde o início da concessão, em 2000.
Em junho deste ano, o MPE abriu inquérito para investigar possível irregularidade nas correções praticadas e determinou que o Departamento Especial de Apoio às Atividades de Execução (Daex) fizesse perícia em documentos. Hoje, o resultado será apresentado aos interessados.
O Ministério Público informou, ontem, que não divulgaria mais informações até que tudo fosse esclarecido entre as partes. Caso fiquem provadas as irregularidades, pode ser firmado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para garantir a devolução do que foi cobrado excessivamente.
O diretor da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados, Marcelo Amaral, afirmou que os aumentos de tarifa são analisados por uma equipe técnica capacitada e que todos eles foram aprovados, portanto, não há irregularidades. A Águas Guariroba foi procurada para se manifestar, mas não retornou até o fechamento da edição.

Leia Também