Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

DENÚNCIA

MP pede prisão de prefeito e mais seis pessoas suspeitas de pedofilia no AM

7 FEV 14 - 19h:00G1 com Redação

Segundo o G1, o Ministério Público do Amazonas (MPE-AM) pediu a prisão preventiva do prefeito de Coari, Adail Pinheiro (PRP), suspeito de pedofilia. A denúncia foi enviada ao Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) nesta sexta-feira (7).

Além de Adail, conforme ainda o G1,  outras seis pessoas, entre elas servidores públicos, também foram denunciadas pelo MP por formação de quadrilha, exploração sexual de crianças e adolescentes e estupro de vulnerável. O órgão quer ainda o afastamento de Adail da Prefeitura de Coari, município a 363 quilômetros de Manaus.

O procurador-geral de Justiça do MPE-AM, Francisco Cruz, informou que o órgão ofereceu denúncia e propôs a ação penal após a conclusão das últimas investigações do caso.

O G1 informa ainda que de acordo com Cruz, o documento, de 48 laudas, foi baseado na materialidade e autoria dos crimes. "A denúncia busca garantir a ordem pública e evitar que novas pessoas sejam novas vítimas e devido ao indícios de ameaças contra testemunhas", disse.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

RIO DE JANEIRO

Sobe para 14 número de mortos após o incêndio no Hospital Badim

Agehab dá desconto <br> a 11 mil inadimplentes
DE ATÉ 100%

Agehab dá desconto
a 11 mil inadimplentes

Maníaco sexual já fez<br> seis vítimas, diz polícia
ESTUPRADOR EM SÉRIE

Maníaco sexual já fez seis vítimas, diz polícia

BRASIL

Ministério da Agricultura publica registro de 63 defensivos agrícolas

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião