Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Mozilla dá o pontapé para lançar smartphone de US$ 25 com Firefox OS

27 FEV 14 - 11h:15TECHTUDO

Ainda não é um celular de verdade, mas vai chegar lá. A Mozilla anunciou no MWC 2014 uma parceria com a fabricante chinesa Spreadtrum que promete tornar realidade um smartphone de US$ 25 rodando Firefox OS. Conseguimos chegar perto de um protótipo no estande da companhia.

Ele ainda está longe de ganhar uma versão definitiva e, por enquanto, a única verdade incontestável é que ele rodará o sistema operacional móvel da Mozilla. O aparelho que testamos estava cercado de mistério, mas algumas características mostram o que vem por aí. Por US$ 25, o que na conversão dá menos de R$ 60, seria possível adquirir um aparelho com tela touchscreen, Wi-Fi, câmera e capacidade de instalar aplicativos como o Facebook e Twitter, além de, claro, navegar na web via Firefox.

Para a Mozilla, a relevância do aparelho está em substituir os chamados feature phones, os celulares comuns, que fazem pouco mais do que ligar e enviar SMS. Afinal, por um preço similar, o usuário poderia encontrar um dispositivo mais completo. Vale lembrar que ele não é nenhum show de tecnologia: o protótipo que testamos, por exemplo, deu algumas engasgadas no caminho. Apesar disso, a direção é clara e, com ela, a empresa mostra que é preciso muito pouco para rodar o seu Firefox OS, seja em termos de hardware ou mesmo em dólares.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ECONOMIA

Pan, BMG e Bradesco lideram ranking de reclamações contra bancos do BC

ECONOMIA

Superintendência do Cade decide arquivar inquérito contra bandeiras de cartões

BRASIL

Quadrilha desviava cartões de crédito remetidos pelos Correios

Estado restaura as MS-164 e MS-384, vias de escoamento e integração da fronteira
TRANSPORTES

Estado restaura as MS-164 e MS-384, vias de escoamento e integração da fronteira

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião