Motos deverão passar a pagar pedágio em 2009

Motos deverão passar a pagar pedágio em 2009
26/07/2008 08:50 -


     

 

 

O Governo do Estado de São Paulo vai revogar o Decreto 9.812, de 1977, que isenta as motocicletas da cobrança de pedágio, sob alegação de que é necessário compensar o aumento de custos no atendimento a motociclistas acidentados nas rodovias paulistas. A previsão é de que no próximo ano. O valor ainda não foi definido, mas as motos deverão pagar metade do cobrado dos veículos de passeio. Mesmo participando apenas de 13% dos acidentes, as motos representam 18% das vítimas fatais e 32% do total de feridos. Sem contar que 84% desses acidentes resultam em vítimas. A média de acidentes por mês também deu um salto na rede concedida, passando de 132 para 470 entre 2000 e 2007. As concessionárias alegam aumento nos custos de operações nas rodovias, por causa do crescimento da frota de motocicletas.

Para a Associação Brasileira de Motociclistas (Abram), a cobrança do pedágio é um "presente de grego", uma vez que a categoria comemora amanhã (27) o Dia Nacional do Motociclista. "A medida vai penalizar os trabalhadores, cerca de 70% da frota de 13 milhões de motos do Estado", diz Lucas Pimentel, presidente da Abram.

 

Com informações do jornal O Estado de S. Paulo

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".