Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

"INVASÃO"

Motoristas “invadem” pista interditada do Complexo Segredo

Motoristas “invadem” pista interditada do Complexo Segredo
04/09/2010 23:29 -


Silvia Tada

Sem a liberação das duas pistas do Complexo Segredo, motoristas utilizam irregularmente uma delas, a que faz o sentido bairro-centro. Carros, motos e bicicletas aproveitam que a via está sem interdição, a partir da Rua Ovídeo Serra, e trafegam em mão-dupla, apesar de as sinalizações indicarem que a pista é mão única. A previsão é de que na próxima semana todos as melhorias sejam concluídas para que os moradores aproveitem a nova avenida, que foi “inaugurada” pelo presidente Lula, durante a visita de 24 de agosto.
“Faz mais ou menos uns dez dias que as pessoas passaram a usar a pista como continuidade da Avenida Ernesto Geisel. Mas ainda não há iluminação”, comentou o morador Sidnei Marques dos Santos, de 45 anos, que é mecânico e mora há 5 anos no Jardim Saraiva. “A nossa região ficou muito valorizada. Queremos que libere tudo logo”.
O vizinho Rogério da Silva, de 30 anos, está há apenas um mês na região e também comemora as melhorias. Segundo ele, quando se mudou, a promessa era de que em 20 dias tudo estaria pronto. “Falaram que o prazo era o dia 25 de agosto”. Um alerta da população é quanto ao cruzamento da Avenida Ernesto Geisel com a Rua Ovídeo Serra. “Acho que ali seria bom colocar um semáforo”, disseram os moradores.
Segundo o secretário de Infraestrutura, Transporte e Habitação, João Antônio De Marco, a prefeitura preferiu terminar todos os detalhes, como pintura e meio-fio, antes de liberar o tráfego. “Queríamos deixar a via segura”, disse.
A nova avenida beneficia bairros como Estrela do Sul, Octávio Pécora, Mata do Segredo, São Benedito, Jardim Seminário e Coronel Antonino. Foram investidos cerca de R$ 30 milhões com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O complexo engloba, também, a urbanização do córrego, drenagem, parque linear, recuperação de áreas degradadas e criação de ciclovias.

Felpuda


Vêm aumentando que só os disparos de segmentos diversos contra cabecinha coroada que, até então, acreditava voar em céu de brigadeiro. O novo coronavírus chegou, ganhou espaço, continua avançando e atualmente tem sido o melhor cabo eleitoral dos adversários. A continuar assim, sem ações mais eficazes, o estrago político poderá ser grande. Observadores mais atentos têm dito que o momento não é de viver o conto da “Bela Adormecida”. Só!