Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Decisão

Motorista pagará pensão à família de vítima atropelada

25 FEV 14 - 09h:02DA REDAÇÃO

Por maioria, a 1ª Câmara Criminal negou provimento a apelação criminal interposta por A.S.M., condenado a três anos de detenção, em regime aberto, e suspensão de dirigir veículo automotor pelo prazo de dois meses.

Conforme os autos, no dia 9 de setembro de 2009, por volta de 12h30min, o acusado dirigia em alta velocidade e atropelou a vítima Bruna Catiele Alves Pereira dos Santos, provocando ferimentos que causaram sua morte.

O réu foi condenado por homicídio culposo na direção de veículo automotor e não ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) a uma pena de prisão substituída por duas restritivas de direito em limitação de final de semana e a prestação pecuniária no valor de 20 salários-mínimos a ser pago à família da vítima.

O apelante pediu absolvição, alegando insuficiência de provas para condenação e redução da pena pecuniária, argumentando não ter condições financeiras para arcar com o valor estabelecido.

Para a revisora do processo, desembargadora Maria Isabel de Matos Rocha, a materialidade do delito está comprovada pelo boletim de ocorrência, laudo de apreensão, laudo de exame de corpo de delito, exame necroscópico, certidão de óbito e provas testemunhais. Quanto à pena pecuniária, a revisora explicou que nenhum documento atestou a condição econômica do apelante.

“Estamos diante de um crime de trânsito, na modalidade culposa por imprudência (excesso de velocidade), que levou a morte de uma pessoa. Vale rememorar que após atingir a vítima, o apelante seguiu conduzindo seu caminhão, omitindo socorro ou qualquer tipo de atenção à menina, portanto, inquestionável a gravidade do dano causado (morte da vítima) e a elevada culpabilidade do agente (dirigia em alta velocidade e não prestou socorro)”, ressaltou a desembargadora.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Homem é morto a tiros ao chegar na casa da namorada
PONTA PORÃ

Homem é morto com 16 tiros na fronteira

MUNDO

Manifestantes em mais de 150 países defendem meio ambiente

MUDANÇAS

Sancionada MP que permite que bancos abram aos sábados

Professores também podem lecionar no domingo
Deputado é criticado por <br> fazer copia e cola de lei federal
PROTEÇÃO DE DADOS

Deputado é criticado por
fazer copia e cola de lei federal

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião