Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DEPOIMENTO

Motociclista que atropelou e matou mulher se apresenta

Motociclista que atropelou e matou mulher se apresenta
23/01/2014 08:30 - TARYNE ZOTTINO


O motociclista que atropelou e matou Gilvanete de Freitas Cypriano, de 56 anos, na área central de Caarapó, no início da noite do último sábado (18), se apresentou à polícia ontem (22). Em seu depoimento, Adenilson Sabino da Silva declarou que não estava alcoolizado no momento do acidente e afirmou ter fugido sem prestar socorro por medo da reação de familiares da vítima e também de populares que estavam no local. “Fugi para me salvar”, teria dito ao delegado.

Depois de prestar esclarecimentos, Adenilson deixou a delegacia e deve responder pelo homicídio em liberdade. De acordo com o delegado Benjamin Lax, será instaurado um inquérito para apurar o caso e, a partir do resultado das investigações, o acusado poderá ter a prisão preventiva decretada, ou não, antes do seu julgamento.

Adenilson trafegava em uma motocicleta Yamaha, de cor preta, com uma mulher na garupa, pela Rua Fernando Corrêa da Costa, quando, ao realizar uma ultrapassagem em um automóvel, atropelou a vítima, que tentava atravessar a rua. Gilvanete foi socorrida por uma equipe do Corpo de Bombeiros e transferida para Dourados, onde ficou internada, mas não resistiu aos ferimentos e morreu, por volta das 19h de anteontem (21). 

(Com informações do Caarapó News)

Felpuda


Engana-se quem acha que diminuiu a voracidade de ter fatia de cobiçado bolo por parte de “quem manda”. O recuo realmente houve, mas só por enquanto e por uma questão de estratégia, até porque, nas primeiras investidas, as portas não se abriram. E continuam fechadas. Mas quem conhece bem a dita figurinha aposta que ela não desistirá até encontrar, digamos,  um “chaveiro amigo”. Essa gente não sossega nem diante da pandemia... Afe!