Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

segunda, 18 de fevereiro de 2019 - 07h16min

Mortes violentas regridem pouco desde 2002

4 DEZ 08 - 12h:09
     
        Os óbitos por violência mostraram elevação crescente no país entre 1990 e 2002, regredindo um pouco até o ano passado, segundo mostra a pesquisa Estatísticas do Registro Civil divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A pesquisa não detalha o tipo de causa de morte violenta, mas, segundo o IBGE, "entende-se que o mesmo esteja relacionado a homicídios, suicídios, acidentes de trânsito, etc".
        
        No Brasil, enquanto a proporção de óbitos masculinos relacionados a causas violentas em relação ao total de óbitos se elevou de 14,2% em 1990 para 16,2% em 2002, em 2007 essa proporção passou a ser de 15%. Entre as mulheres, segundo a pesquisa, essas proporções "se mantiveram praticamente estáveis ao longo de todo o período", em torno de 4%.
        
        
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Prefeitura gasta R$ 156 milhões por ano para cobrir previdência
CIDADES

Prefeitura gasta R$ 156 milhões por
ano para cobrir previdência

Novos portos vão investir R$ 250 milhões em Murtinho
ECONOMIA

Novos portos vão investir R$ 250 milhões em Murtinho

Polo Empresarial Oeste é alvo de diagnóstico da Prefeitura
ECONOMIA

Polo Empresarial Oeste é alvo de diagnóstico da Prefeitura

CORREIO DO ESTADO

Confira nosso editorial desta segunda (18): "Otimismo é fundamental"

Mais Lidas