Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

espírito santo

Mortes por causa das chuvas chegam a 27, diz Defesa Civil

26 DEZ 13 - 18h:40AGÊNCIA BRASIL

Boletim da Defesa Civil do Espírito Santo, divulgado no fim da tarde de hoje (26), aponta que 27 pessoas morreram em decorrência das chuvas no estado. Entre as causas estão soterramento, afogamento e infarto. Hoje, foram registradas cinco mortes no município de Baixo Gandu, duas em Colatina e uma em Barra de São Francisco.

Segundo a Defesa Civil, 52 municípios foram afetados pelos temporais. O governo decretou situação de emergência em todas atingidas. Mais de 61 mil pessoas tiveram que deixar as casas. Dessas, 5.689 estão em abrigos e 55.690 estão em casas de parentes e amigos. Há localidades sem comunicação, água potável e energia elétrica.

Devido às chuvas, 78 bombeiros da Força Nacional de Segurança e 24 do Rio de Janeiro, além de 150 fuzileiros, também do Rio, estão ajudando no resgate das vítimasl, com embarcações.

O Ministério da Saúde enviou hoje a segunda remessa de medicamentos para o estado. Além disso, dois coordenadores da Força Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS) serão deslocados para avaliar, junto com as autoridades locais de saúde, a necessidade do envio de equipamentos hospitalares e equipes especializadas em cirurgia para atendimentos de urgência em hospitais do norte do Espírito Santo.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Vagner Mancini é o novo técnico do Atlético-MG
FUTEBOL 2019

Vagner Mancini é o novo técnico do Atlético-MG

Oferta de vagas no comércio para o Natal será a maior em seis anos
ECONOMIA

Oferta de vagas no comércio para o Natal será a maior em seis anos

Roberta D'Albuquerque: Intolerante
COMPORTAMENTO

Roberta D'Albuquerque: Intolerante

Atividade econômica cresce 0,07% em agosto no Brasil
ECONOMIA

Atividade econômica cresce 0,07% em agosto no Brasil

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião