Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

saldo trágico

Mortes nas estradas aumentaram, em média uma por dia

30 DEZ 13 - 00h:00DA REDAÇÃO

O ano de 2013 fecha com saldo trágico de pessoas que perderam a vida em decorrência de acidentes nas rodovias estaduais e federais, no território do Estado de Mato Grosso do Sul. Até anteontem (28), foram pelo menos 334 mortes, representando praticamente uma por dia. Conforme matéria publicada nesta segunda-feira (30) no jornal Correio do Estado, os dados se referem aos óbitos ocorridos no local. Há, ainda, pessoas que morrerem depois de socorridas, por isso, o número pode ser ainda maior.

A quantidade é bem superior a de 2012, quando o total de mortes nas estradas federais e estaduais chegaram a 292. As 334 deste ano (que ainda não terminou) representa um número 14% maior.

Do total de acidentes com óbitos, a maioria, 228, ocorreu nas rodovias federais, que recebem maior fluxo de veículos. Um dos últimos casos que gerou comoção em todo o Estado foi a colisão entre uma van e um caminhão, ocorrida na BR-267, no dia 17 deste mês, em que 11 pessoas morreram. Apenas nesta rodovia foram 49 mortes, a segunda com mais casos depois da BR-163, com 85 óbitos. A reportagem é de Laura Holsback.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Internacional

Papa aceita renúncia de cardeal chileno acusado de envolvimento em escândalo sexual

Ezzati foi acusado de supostamente encobrir casos de abuso
Mandetta não garante recursos federais <br>para combater epidemia na Capital
AGENDA EM CAMPO GRANDE

Mandetta não garante recursos federais para combater epidemia na Capital

Tragédia

Chega a 417 número de mortes em Moçambique após ciclone

POLÍTICA

Maia diz que vai se empenhar em favor da reforma da Previdência

Presidente da Câmara sugere que deputados sejam ouvidos pelo Planalto

Mais Lidas