Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Morte de estudante não vai prejudicar projeto Escola Viva

23 MAR 10 - 08h:43
O Projeto “Escola Aberta, Escola Viva” não será suspenso, mas diretoria da Escola Municipal Plínio Barbosa Martins, onde o estudante Nailton Martins de Lima, de 17 anos, foi assassinado por outro adolescente, na tarde de sábado, garante que vai repensar um esquema de segurança. Helen a Ba rbosa Ma ndruzzato, diretora da escola desde 2005, admite que, nos fins de semana, não há controle da entrada e da saída de pessoas da escola. “Como o nome do projeto já diz, no sábado, a escola fica aberta para a comunidade. Temos 24 horas, a guarda municipal que faz segurança patrimonial, mas policiamento não acontece o tempo todo”. A diretora afirma que vai pedir reforço da segurança da escola e também vai repensar nos critérios de seleção dos participantes do projeto Escola Viva. “Até sábado passado, as atividades na escola funcionavam muito bem, mas a gente ainda vai se reunir com a Secretaria Municipal de Educação (Semed) para saber que providências tomar”. Helena ressalta que casos como o do assassinato de Nailton Elber Martins, nunca havia acontecido antes. “Nunca tivemos problemas nem com vandalismo e o comportamento dos alunos até melhorou depois que implantamos o Escola Viva aqui. A única certeza é que o projeto não irá acabar”. Para a secretária municipal de educação, Maria Cecília Amendola da Motta, o homicídio do adolescente foi um “caso isolado”. “Vamos nos reunir com a diretoria e conselho da escola, mas, a princípio, não há o que a secretaria fazer. Pedir policiamento nós sempre pedimos, mas ao meu ver, mesmo que a polícia estivesse dentro da escola no momento em que o garoto do Jardim Macaúbas atirou no nosso aluno, o crime teria acontecido do mesmo jeito”. Projeto O “Escola Aberta, Escola Viva” é desenvolvido desde 2005 pela Semed e, hoje, é realizado em 54 das 98 escolas do município. Em cada uma delas, são realizadas de 10 a 15 oficinas e atividade recreativas. O objetivo do projeto é justamente reduzir os casos de violência entre os adolescentes.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

PRÓXIMO AO CLUBE DA AMIZADE

Fiat Uno é roubado na VilaTaveirópolis

Além do carro, o celular e documentos da vítima foram levados
Motoqueiro avança preferencial e morre ao bater na lateral de ônibus
JARDIM LEBLON

Motoqueiro morre ao
bater na lateral de ônibus

SUMIU

Mulher desaparece ao visitar amigo no bairro Nova Lima

Vítima estava em um veículo Palio e não retornou para casa desde a noite de ontem
Mega-Sena acumula e vai pagar <br>R$ 31 milhões no próximo sorteio
NÃO FOI DESSA VEZ!

Acumulada, Mega-Sena vai pagar R$ 31 milhões na quarta

Mais Lidas