segunda, 16 de julho de 2018

Saúde

Mortalidade materna cai 56% no Brasil, segundo pesquisa

15 DEZ 2010Por Agencia Brasil22h:58

A mortalidade de mães antes e depois do parto caiu 56% nos últimos 18 anos. O dado consta do levantamento Saúde Brasil, divulgado nesta terça-feira, pelo Ministério da Saúde. A publicação reúne os principais indicadores em saúde do País e serve de base para a criação de estratégias de enfrentamento dos principais problemas. Este ano, o levantamento apresenta os temas relacionados aos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, da Organização das Nações Unidas. O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, detalha a pesquisa.

"A mortalidade materna teve uma queda importante, tanto na gravidez, no parto e no puerpério, caiu 56%. E ela diminui por todas as causas: 80% por aborto, 63% por hipertensão, 58% por hemorragia, 51% por doenças do aparelho circulatório, 47% por infecções puerperais."

A pesquisa "Saúde Brasil 2009" mostra que o aborto passou de quarta para quinta causa de mortalidade materna, desde 2007. Para o Ministério da Saúde, a redução das mortes por complicações durante a gravidez, parto e pós-parto se deve à ampliação do acesso aos cuidados hospitalares.

Hoje, 98% dos partos no Brasil são realizados em hospitais e 89% por médicos. O resultado é reflexo do maior acesso ao pré-natal e acompanhamento médico por meio da Estratégia Saúde da Família.

Leia Também