Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

domingo, 24 de fevereiro de 2019 - 02h14min

Morre Zelda Rubinstein, de “Poltergeist”

29 JAN 10 - 01h:27
Morreu na última terçafeira (27), aos 76 anos, em um hospital de Los Angeles, a atriz Zelda Rubinstein, famosa por seu papel como médium no filme “Poltergeist – o fenômeno” (1982). Com apenas 1,30m de altura e uma voz peculiar, Rubinstein deu vida em três ocasiões a Tangina Barrons na trilogia “Poltergeist”, história escrita e produzida por Steven Spielberg, na qual a atriz entrou na pele de uma vidente que enfrentava forças demoníacas. Fora os filmes da série, sua carreira cinematográfica teve pouca repercussão. Rubinstein atuou em títulos como “Gatinhas e gatões” (1984) ou, mais recentemente, “Southland tales: o fim do mundo” (2006). Na televisão, a atriz fez parte do elenco da série “Picket fences”, ganhadora dos prêmios Emmy de melhor série de drama em 1993 e 1994, e foi narradora dos documentários “The scariest places on Earth”. Rubinstein nasceu em 28 de maio de 1933 em Pittsburgh, nos Estados Unidos. Ela era a mais nova de três irmãos e a única pessoa em sua família com problemas de crescimento. Fora do mundo do showbiz, Rubinstein participou de campanhas contra a aids, doença que matou amigos seus. A atriz tinha sido hospitalizada há dois meses após sofrer um leve ataque cardíaco. “Ela t i n ha frequentes problemas de saúde e, infelizmente, eles a levaram”, comentou seu empresário, Eric Stevens.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Promotoria abre inquérito após shopping de SP pedir autorização para apreender meninos de rua

BRASIL

Chanceler diz que ação na Venezuela não tem caráter intervencionista

Mãos que falam:
LUIS PEDRO SCALISE

Mãos que falam: "Em tempos de Dieta"

VENEZUELA

Maduro discursa para apoiadores e critica ajuda humanitária

Mais Lidas