Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Morre marinheiro da foto que virou ícone do fim da 2ª Guerra

Morre marinheiro da foto que virou ícone do fim da 2ª Guerra
15/03/2014 21:00 - terra


Morreu aos 86 anos, em Dallas, no Texas, o marinheiro registrado pelas lentes do fotógrafo Alfred Eisenstaed, em 14 de agosto de 1945.

A foto de Glenn McDuffie beijando uma enfermeira na Times Square em meio a multidão que comemorava o fim da Segunda Guerra Mundial entrou para a história por simbolizar o fim do conflito mais sangrento que o mundo já tinha visto.

Glenn McDuffie se tornou famoso em 2007, quando um artista forense relatou que a sua estrutura óssea facial se igualava a do homem da foto.

O homem, que era da artilharia naval americana, disse que estava trocando de trem em Nova York quando soube que a guerra havia acabado e que seu irmão, que estava em um campo de prisioneiros japonês, voltaria para casa.

"Eu estava tão feliz", lembrou McDuffie. " Corri para a rua e então eu vi aquela enfermeira (...) corri em direção dela e a beijei. Depois peguei o metro do outro lado da rua e fui para o Brooklyn; nunca trocamos uma palavra”, contou.

Nascido em 1927 em Kannapolis, Carolina do Norte, McDuffie se tornou um jogador semi-profissional de beisebol depois de sua carreira na Marinha Americana, e mais tarde trabalhou no serviço postal.

Casou-se três vezes, e estabeleceu-se em Houston, no Texas, antes de se mudar para Dallas, em 2009.

Com informações do The Telegraph.

Felpuda


As várias e várias mensagens que vêm sendo trocadas em grupos fechados, e para poucos, são de que algumas alianças poderão acontecer, mas mediante a troca de comando em alguns órgãos importantes. Seriam entendimentos para atender siglas de matizes bem diversos que vêm tentando criar dificuldades para vender facilidades. Se as negociações forem concretizadas, tornarão os caminhos sem muitas barreiras. A conferir.