Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 18 de janeiro de 2019

Luto

Morre em São Paulo o cantor Manolo Otero, aos 63 anos

2 JUN 2011Por Jornal do Brasil14h:52

O cantor espanhol Manolo Otero, 63 anos, morreu em São Paulo, nesta quarta-feira, onde morava. O artista fez sucesso com canções românticas, principalmente nas décadas de 70 e 80, e estava internado no Hospital das Clínicas de São Paulo. Ele tinha câncer de fígado.

A doença foi descoberta há pouco tempo, em estado já avançado. O corpo de Manolo Otero será cremado no cemitério de Santos.

Manolo Otero nasceu em Madri, era filho de um barítono e uma atriz. Seu primeiro disco foi gravado em 1975, com grande sucesso no Brasil e outros países latinos.

Começou a estudar canto aos 14 anos com sua madrinha, que era professora de piano e diretora do coral da filarmônica de Madri, de acordo com seu seu site oficial.

Em 1973, ele se casou com a atriz e cantora María José Cantudo, com a qual teve um filho, Manolo Otero Júnior. O casal acabou se divorciando.

Entre os maiores sucessos de Otero estão ‘Vuelvo a ti’, ‘Bella mujer’, ‘Qué he de hacer para olvidarte’ e Soleado (veja vídeo).

  

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também