ESPORTES

Morenão é liberado para Pato fica mais jogos do Estadual

Morenão é liberado para Pato fica mais jogos do Estadual
23/03/2010 08:43 -


Após um mês fechado para manutenção do gramado, o estádio Morenão voltará a receber partidas de futebol no próximo sábado. O departamento técnico da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul já reservou o estádio para o jogo Comercial x MS Saad, válido pela 12ª rodada do Campeonato Estadual. A partida Un ião 1 x 2 Costa Rica foi a última disputada no Morenão, no dia 27 de fevereiro último. No mesmo dia, Comercial e Rio Verde empataram por 0 a 0 no local, na abertura da rodada dupla. O excesso de jogos no mês de fevereiro foi o principal fator que levou a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, proprietária do estádio, a interditá-lo. No mês passado, em um período de 20 dias, o Morenão recebeu 15 jogos. Atualmente, Campo Grande é representada por cinco equipes na Série A do Campeonato Estadual, duas a mais que no ano passado. Na Série B, que começou no último domingo, são mais quatro clubes campo-grandenses. Até o início deste mês, antes da liberação do Estádio Jacques da Luz, nas Moreninhas, o Morenão era a única sede para todas estas equipes, fazendo com que o gramado ficasse bastante avariado. Rodada A 11ª rodada da Série A do Campeonato Estadual abrese hoje com o encontro do último colocado com o líder do grupo B. O União, lanterna da competição, com quatro pontos ganhos, enfrenta o Cene, que tem 20, às 15h, no Estádio Jacques da Luz.
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".