Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ERA PÓS-MUBARAK

Mohammed Mursi vence eleições no Egito

Mohammed Mursi vence eleições no Egito
24/06/2012 11:12 - terra


Mohammed Mursi venceu as eleições presidenciais egípcias, informou neste sábado o Comitê Eleitoral, no Cairo. Mursi, candidato oposicionista islâmico, obteve 52% dos votos (aproximadamente 13,2 milhões), derrotando Ahmed Shafiq, antigo membro do governo de Hosni Mubarak, que alcançou 48% (12,3 milhões).

O anúncio do resultado - altamente esperado após dias de incerteza e quase uma hora de discurso prévio do chefe da comissão eleitoral, Farouq Sultan - foi recebido com a explosão de comemorações e gritos de vitória de apoiadores de Mursi que tomaram a Praça Tahrir, no centro do Cairo, símbolo dos protestos que, em fevereiro de 2011, provocaram a queda de Mubarak, havia 30 décadas no poder de uma das principais nações árabes do mundo.

A vitória de Mursi representa o respaldo dos ventos de mudanças isntalados no país árabe desde o início da gestão da Primavera Árabe. Ela acompanha o resultado das eleições legislativas anteriores, marcada pela vitória dos candidatos ligados à Irmandade Muçulmana, que apoia Mursi. Ela indica também a superação de dúvidas, revigoradas entre os oposicionistas, de que o pleito presidencial abriria caminho para Shafiq, cuja candidatura, que havia sido proibida, acabou sendo autorizada pela Corte do país dias antes da eleição.

Felpuda


Vereador de Campo Grande fez pronunciamento com forte teor preconceituoso que obviamente não agradou, principalmente as mulheres. A repercussão negativa foi grande e ele teve de ler cobras e lagartos em seu perfil nas redes sociais. Assim, correu para publicar nota de esclarecimento tentando colocar panos quentes e se comprometendo a, já na próxima sessão, solicitar a retirada de sua fala dos chamados “anais da Casa”. Também, pudera!