Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

SITUAÇÃO ATÍPICA

Moagem da cana está 40% abaixo da safra passada

26 MAI 2011Por Agência Brasil18h:16

O diretor técnico da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), Antonio de Padua Rodrigues, informou hoje (26) que a quebra de safra deve afetar a projeção do setor de moer 568,50 milhões de toneladas de cana. Desde o início da safra 2011/2012, a moagem totalizou 56,66 milhões de toneladas, 39,51% abaixo das 93,67 milhões de toneladas registradas na mesma data de 2010.

A Unica ressalva que a situação é atípica por causa da antecipação do início das atividades das usinas em janeiro, fevereiro e março, meses habitualmente observados como de entressafra.

Na primeira quinzena de maio, a moagem de cana-de-açúcar das unidades produtoras da região Centro-Sul do país, responsável por metade da produção nacional, somou 32,77 milhões de toneladas. O volume foi 6,69% menor que o registrado no mesmo período do ano passado (35,13 milhões de toneladas).

No comunicado divulgado pela entidade, ele afirma que "além da pior qualidade da matéria-prima e do ritmo de moagem mais lento nesse início de safra, estamos observando uma redução significativa da produtividade agrícola do canavial".

De acordo com Padua Rodrigues, a produção de etanol tem sido priorizada e os empresários estão preocupados em evitar que se repita a volatilidade de preços constatada no período de entressafra.

Leia Também