Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

'TIME' EM CAMPO

Misto terá gandulas femininas como atração nos jogos

22 ABR 2011Por Ana Maria Barbosa, Três Lagoas08h:00

Três Lagoas vai ter a primeira equipe feminina de gandulas no Mato Grosso do Sul, para trabalhar e animar os jogos do Misto Futebol Clube, time de futebol que disputa a Série B do Estadual e que tem como sede o estádio Madrugadão. Serão 15 garotas, de 17 a 27 anos, que jogam futebol e atualmente representam o Clube Comercial.

A primeira apresentação das gandulas seria no próximo domingo (24), quando o Misto enfrentaria o Campo Grande, porém a partida dói adiada e estréia das meninas ficou para o dia 7 de maio, em jogo que o time da casa enfrenta o Colorado, de Caarapó, às 18h.

Segundo o diretor de comunicação do Misto, Reynoold Duarte, cada partida contará com oito gandulas, sendo quatro em cada lado do campo, e mais duas como reservas. O grupo vai se revezar para que as 15 participem. “Queremos valorizar a mulher em campo cada vez mais e, quem sabe, daqui a uns quatro anos, ter a equipe feminina do Misto”, afirmou Reynoold, que destacou a presença da torcedora três-lagoense nas arquibancadas do estádio.

Sobre a possibilidade de as moças sofrerem assédio ou ouvir palavrões, o diretor acredita que os riscos são pequenos. “Elas estão recolhendo e devolvendo as bolas para ajudar o nosso time, não são da arbritragem. Acho que vão fazer sucesso”, apostou.

A ideia é copiada da Federação Paulista de Futebol (FPF), que em 2007, escalou 14 alunas de Educação Física para o trabalho na beira do gramado, no Paulistão daquele ano.

Reynoolds contou que as moças estão animadas com a participação os jogos do time que representa a cidade. Elas serão voluntárias e receberão os uniforme do clube.

Adiamento da estréia

Sem ver o time em campo há quase um ano, o três-lagoense que se preparava para assistir à estreia no estadual terá que esperar mais alguns dias. O jogo, que estava marcado para domingo (24), foi adiado porque obras de ampliação e construção de mais uma arquibancada no estádio Madrugadão não ficaram prontas a tempo.

A ampliação, custeada pelo Governo do Estado sofreu atrasos, devido a chuvas. No sábado passado, um muro foi derrubado, para dar acesso das novas arquibancadas ao estádio e o tempo não foi suficiente para fechar o estádio, nem isolar o campo com alambrados.

Embora o atraso tenha frustrado a torcida, alguns dirigentes gostaram porque ganharam mais tempo e a possibilidade de ver quatro equipes estrearem, enquanto o Misto continuará uma incógnita para os adversários.

 

Leia Também