Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SEM VENCEDOR

Misto e Comercial terminam iguais no Madrugadão

Misto e Comercial terminam iguais no Madrugadão
15/02/2014 21:30 - GAZETA MS


Misto e Comercial se enfrentaram no Estádio Madrugadão na noite deste sábado em jogo sem vencedor. Em partida nervosa, com vários cartões amarelos e duas expulsões, uma para cada lado, o resultado de 1 a 1 acabou não sendo bom para o time da Capital, que teve mais oportunidades, e muito menos para o Misto, que segue fora da zona de classificação.

O Misto até tentou pressionar o Colorado no começo, mas um contra-ataque mudou tudo. Em saída rápida aos sete minutos, a bola chegou no meia Gigio que tocou para Muller invadir a área e tocar na saída do goleiro Geosmar para abrir o placar. O gol acabou com o ímpeto dos jogadores do Misto que, sentindo o golpe, não conseguiram chegar ao goleiro Rodolfo. Já o Comercial, graças ao bom futebol do Gigio, comandou o jogo. Teve ainda outras três boas oportunidades para marcar, mas as conclusões de Diego Rincon e Gigio pararam em Geosmar, enquanto no finalzinho, Dudu Lima também teve uma chance, mas acertou a rede pelo lado de fora.

No segundo tempo, Itamar Bernardes voltou com duas mudanças no Misto e, logo aos dois minutos, o resultado. Vitor Jr, um dos novos jogadores, sofreu pênalti cometido por Marcinho, expulso pelo árbitro Paulo Henrique Volkopf. Tatico cobrou, não deu chances à Rodolfo e igualou o placar. Apesar do gol e a vantagem numérica, os jogadores do Misto continuavam nervosos e não conseguiam atacar o adversário, pelo contrário, o Comercial era melhor. Aos 16, o lateral Santa Rosa, que já tinha cartão amarelo, acertou Robinho e foi expulso, voltando a igualar o número de jogadores em campo, mas pouca coisa aconteceu depois e o placar seguiu até o fim.

Na próxima rodada, o Misto folga e volta à campo apenas no próximo sábado contra o Novoperário fora de casa. O Comercial, na quarta-feira (19), enfrenta o mesmo adversário no Estádio Morenão em disputa direta por vaga na zona de classificação.

Felpuda


Partido está aos poucos montando a que vem sendo chamada de “chapa do quartel”, pois os pré-candidatos são oriundos da caserna. Há quem diga que os dirigentes da legenda ainda estão querendo pegar carona no “fenômeno Bolsonaro”, esquecendo-se que o presidente, embora vindo da área militar, está na política há 30 anos e o seu programa de governo agradou 57,7 milhões de eleitores. Dizem que tchurminha será obrigada a adicionar mais ingredientes no currículo, senão...