Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

DISPUTA ELEITORAL

Ministros devem sair do governo até abril

3 JAN 14 - 15h:27AGÊNCIA BRASIL

Os ministros do governo federal que pretendem concorrer a um cargo eletivo nas eleições de outubro devem deixar o cargo até o dia 5 de abril, seis meses antes do primeiro turno. A regra está prevista na Lei de Inelegibilidades (Lei Complementar nº 64/1990), norma que estabelece os prazos para que agentes públicos saiam do governo para não ficarem inelegíveis.

De acordo com a lei, além de ministros de Estado, magistrados, presidentes, diretores e superintendentes de empresas públicas e chefes de órgãos que fazem assessoramento direto também devem pedir exenoração na mesma data. Candidatos a reeleição para os cargos de governador e presidente da República não precisam sair do cargo.

Para cumprir a lei eleitoral, a presidente Dilma Rousseff já anunciou que a reforma ministerial do governo vai começar na segunda metade de janeiro. A substituição de ministros estará concluída até o carnaval, em março, segundo a presidente. Vários ministros da equipe de Dilma que pretendem se candidatar nas eleições de outubro devem deixar o governo e ser substituídos.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

"Não tem lado A ou lado B", diz Bolsonaro sobre situação do PSL

Hugo Bonemer vive personagem mais despojado na segunda temporada de "A Vida Secreta dos Casais", da
COLUNA INSIDE

Hugo Bonemer vive personagem mais despojado na segunda temporada de "A Vida Secreta dos Casais", da

BRASIL

Buscas em endereços de Bivar foram pedidas há 48 dias pela PF e MPE

BRASIL

Centrão quer lei contra deputado infiel

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião