ECONOMIA

Ministro sugere que MS peça área livre

Ministro sugere que MS peça área livre
04/03/2010 05:33 -


O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, sugeriu ontem que Mato Grosso do Sul, São Paulo e Minas Gerais solicitem ao governo o reconhecimento de status livre da febre aftosa sem vacinação em conjunto, em função da proximidade dos Estados. Na última segunda-feira, o Paraná pediu ao governo esse reconhecimento. “O Paraná tem feito o dever de casa em relação à aftosa”, disse o ministro, que deixará o cargo daqui a um mês para concorrer a uma vaga de deputado pelo Estado. De acordo com ele, o pedido será avaliado pelos técnicos do Ministério. Stephanes salientou, porém, que, como as fronteiras entre o Paraná e São Paulo e entre o Paraná e Mato Grosso do Sul são longas, isso representa custo adicional nesse processo de reconhecimento. O Paraná faz ainda divisa com Santa Catarina, mas este foi o único Estado até o momento a receber o status, em 2001 pelo Brasil e, em 2007, pela Organização Mundial da Saúde Animal (OIE).
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".