Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Libertadores

Ministro pede ação contra racismo

13 FEV 14 - 16h:02Terra

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, mostrou revolta com o ato racista da torcida do Real Garcilaso contra o volante cruzeirense Tinga, no Peru, em jogo pela Copa Libertadores. Rebelo ligou para o presidente da Conmebol, Eugenio Figueredo, e exigiu providências diante da situação.

"No ano em que o mundo inteiro se une para disseminar uma mensagem contra o preconceito durante a Copa do Mundo do Brasil, é inconcebível o comportamento que vimos em Huancayo. Tinga tem todo o nosso apoio na luta contra o racismo, que, esperamos, será combatido com firmeza pela Conmebol", afirmou o ministro, via assessoria de imprensa.

Antes de Aldo Rebelo, a presidente Dilma Rousseff também já tinha se solidarizado com Tinga por causa do incidente.

A cada vez que o jogador tocou na bola, torcedores imitaram som emitido pelos macacos. Com isso, o Real Garcilaso pode ser até excluído da Libertadores, caso assim determine o Tribunal da Conmebol.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ARTIGO

Ângela Maria Costa: "A falácia da participação popular"

Integrante do Conselho Municipal de Educação
OPINIÃO

João Badari: "Concessão de aposentadoria poderá ficar mais difícil"

Advogado

Felpuda

EDUCAÇÃO

Ensino superior a distância tem mais vagas do que o presencial

É o que revela Censo da Educação Superior divulgado hoje

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião