Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 19 de novembro de 2018

CASO CACHOEIRA

Ministro nega motivação política em investigação

18 JUL 2012Por agência brasil15h:55

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse hoje (18) que não há motivação política nas investigações feitas pela Polícia Federal (PF) ao rebater críticas do PSDB de que a instituição estaria atuando para prejudicar o governador de Goiás, Marconi Perillo, nas investigações sobre o esquema do empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira.

“A atuação da PF é uma atuação republicana, não há cores políticas nas investigações, não há cores ideológicas. Há apuração de fatos, identificando-se a possibilidade de ocorrência de delitos a PF atua como deve atuar. Portanto, podem ficar absolutamente tranquilos, aqui não se persegue um governador, um deputado, um senador, pode ser do PSDB, do PT, da base governista ou da oposição”, disse após participar de cerimônia no Ministério da Justiça.

Na edição desta semana, a revista Época traz reportagem segundo a qual investigações da Polícia Federal comprovam a ligação entre o esquema de Carlinhos Cachoeira e o governador Marconi Perillo. Ontem (17), o presidente do PSDB, deputado Sérgio Guerra (PE), classificou de fraudulentas todas as acusações feitas contra Perillo.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também