Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 21 de janeiro de 2019

meio ambiente

Ministro garante apoio ao projeto de recuperação da bacia do Rio Taquari em MS

5 JUN 2014Por DA REDAÇÃO18h:00

O ministro da Agricultura, Neri Geller, garantiu aos três senadores de Mato Grosso do Sul apoiar no projeto de recuperação do Rio Taquari. Em reunião ocorrida na manhã desta quinta-feira (5) no gabinete do ministro, os parlamentares expuseram a situação de desastre ambiental provocada pelo assoreamento do rio, problema que tem se agravado ao longo dos últimos 30 anos.

O prefeito de São Gabriel do Oeste, Adão Rolim, presidente do Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Sustentável da Bacia Hidrográfica do Taquari (Cointa), informou o que tem sido feito pelo grupo. Segundo Rolim, o projeto inicial com previsão de equipamentos e custeio está estimado em R$ 42 milhões, ao longo de 5 anos. Neri Geller disse que o ministério pode apoiar os produtores por meio do programa ABC.

O ministro também garantiu que se houver recursos previstos por meio de emendas parlamentares no Ministério da Agricultura para este projeto ele se compromete a lutar pela liberação junto à presidência da República. Para Neri Geller, não é interessante que a recuperação do Taquari seja incluída nas obras do PAC. O ministro ainda disse que o consórcio é a melhor forma de solucionar o problema e que é preciso dividir a responsabilidade entre municípios, estado, governo federal e produtor rural.

“Não há mistério. É necessário fazer um trabalho topográfico nas microbacias e ter equipe competente, maquinário e óleo diesel para fazer a contenção das águas. É preciso principalmente vontade política”, disse o ministro da Agricultura.

Para Waldeli dos Santos, prefeito de Costa Rica, a reunião foi muito produtiva em função da união dos três senadores em favor da recuperação do Rio Taquari. “Essas coisas acontecem quando há esse tipo de entrosamento entre prefeitos e parlamentares”, afirmou.

Os senadores de Mato Grosso do Sul vão reunir-se em breve com os ministros da Integração Nacional, da Agricultura e do Planejamento para decidir sobre a possibilidade de realocação parcial dos recursos destinados via emendas parlamentares no orçamento de 2014 para o projeto de recuperação do Taquari. A intenção é permitir que o Ministério da Agricultura viabilize algumas ações ainda este ano.

“O ministério da Agricultura pode se responsabilizar como repassador de recursos e fiscalizador. Mas é preciso ter todo o recurso necessário. Caso contrário, é queimar dinheiro, porque sem continuidade, se perde o que já foi aplicado”, disse o ministro Neri Geller.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também