Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 16 de novembro de 2018

Ministro defende mudança de dirigentes em entidades esportivas

21 AGO 2012Por AGÊNCIA BRASIL18h:18

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, declarou hoje (21) que apoia a mudança de gestão nas entidades esportivas, inclusive o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e as confederações de modalidades.

“Se o país está em um caminho de democratização. Se você tem limite de tempo de mandato para o presidente da República, para os governadores dos estados, para prefeitos, para mandatos executivos, é natural que, na sociedade e nas instituições, nas entidades, você também procure este caminho, de limitar o tempo de mandato e limitar o número de mandatos”, disse.

Hoje, as regras de sucessão nas confederações variam de entidade para entidade e há casos, como o do próprio COB, em que uma mesma liderança permanece por mais de uma década na gestão.

Para o ministro, a mudança é um caminho natural e uma eventual regra beneficiaria não apenas o esporte nacional, mas as próprias instituições. “Isso atribui maior responsabilidade aos dirigentes. Se você é dirigente de uma entidade e acha que pode ficar lá 30 anos, a sua preocupação com o momento seguinte não vai ser tão grande. Se você tem prazo no seu mandato e número de mandatos, isso seria uma coisa boa para o esporte, ajuda a criar compromisso de formar novas lideranças”, observou.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também